top of page
Mãe e filhos

Gerando vidas e realizando sonhos!

Infertilidade masculina: conheça os mitos e verdades sobre o assunto


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a incapacidade de engravidar é definida como infertilidade clínica se a gravidez não for estabelecida após 12 meses ou mais de relações sexuais regulares desprotegidas.

 

Embora muitas pessoas acreditem que a infertilidade é um problema exclusivo das mulheres, a verdade é que 30% dos casos são decorrentes de fatores masculinos, conforme aponta a Sociedade Americana de Reprodução Assistida (ASRM).

 

Visando esclarecer alguns fatos sobre a infertilidade do homem, trouxe os principais mitos e verdades acerca do tema. Acompanhe:      

 

 

1- O estilo de vida pode afetar a fertilidade

 

Verdade. Homens que fazem uso de drogas, anabolizantes, álcool ou cigarro podem ter uma alteração significativa na qualidade e quantidade dos espermatozoides. O mesmo vale para aqueles que se expõem a produtos químicos como solventes e herbicidas.

 

A obesidade, os maus hábitos alimentares e a falta de atividade física regular também são fatores que impactam negativamente a fertilidade do homem.

 

2- A idade não influencia a fertilidade masculina

 

Mito. À medida que o homem envelhece, sua fertilidade sofre alterações. De modo geral, ocorre uma redução na qualidade do sêmen, mais especificamente em sua motilidade e morfologia, além do aumento da fragmentação do DNA espermático, que dificulta a fecundação.

 

3- A varicocele pode causar infertilidade

 

Verdade.  A varicocele é uma doença masculina caracterizada pelo surgimento de varizes no cordão espermático que transporta o sangue do testículo.  O problema pode desencadear uma redução na produção de esperma, além de atrofia testicular, já que as células dos testículos ficam expostas a radicais livres. Felizmente, a varicocele quando tratada a tempo pode reverter os problemas de fertilidade.

 

4- Infertilidade e impotência sexual são a mesma coisa

 

Mito. A impotência sexual está relacionada à redução da libido, problemas de ereção e/ou falhas na ejaculação. Entretanto, esses problemas não afetam a qualidade do esperma. Pode levar a dificuldade da parceira engravidar, por não permitir a relação sexual completa, com a frequência necessária para a concepção. A menor parte dos casos de infertilidade masculina está associada a impotência sexual. 

 

5- Alguns medicamentos podem causar infertilidade

 

Verdade. Medicamentos específicos — como aqueles utilizados para tratar o câncer — podem causar alterações temporárias ou definitivas na função testicular. Felizmente, já existem métodos que permitem o congelamento dos espermatozóides antes de realizar o tratamento quimioterápico. Desse modo, é possível preservar os gametas e utilizá-los posteriormente em tratamentos de reprodução assistida.

 

6- Homens que já tiveram filhos nunca terão problemas de fertilidade


Mito. A infertilidade pode afetar qualquer homem, mesmo aqueles que já tiveram filhos no passado.  Isso porque, ao longo da vida, podem surgir problemas como obesidade, vícios e doenças que afetam a fertilidade, além dos fatores relacionados à idade.


7- A infertilidade masculina tem tratamento


Verdade. Atualmente, a medicina reprodutiva dispõe de uma ampla gama de métodos para tratar a infertilidade masculina. Em alguns casos, a terapia com medicamentos ou hormônios é suficiente para regular a produção de espermatozoides. Quando a infertilidade é causada pela varicocele, é possível realizar um tratamento cirúrgico. Entretanto, em casos mais complexos que não são passíveis de resolução com cirurgia ou tratamentos hormonais, o mais recomendado é aplicar técnicas de reprodução assistida como a inseminação artificial ou a fertilização in vitro.


Se você e sua parceira estão com dificuldades para engravidar, não deixe de agendar uma consulta com o especialista.


Para saber mais, entre em contato pelo Whatsapp (61) 9.9670-6687.

Comentários


bottom of page