Mãe e filhos

Gerando vidas e realizando sonhos!

O que acontece na primeira consulta na clínica de fertilidade quando você está tentando engravidar?



Se você agendou uma consulta clínica de fertilidade, saiba que é absolutamente normal sentir um pouco de ansiedade antes do grande dia. Afinal, o encontro com um especialista em reprodução humana pode ser decisivo para quem sonha em ter um bebê.


Entretanto, não há razões para se preocupar. De modo geral, a primeira consulta em uma clínica de fertilidade é extremamente tranquila: o médico ouvirá a história do casal ou paciente e solicitará informações específicas para descobrir as causas que impedem a gravidez. Também é comum a realização de alguns exames que avaliam a saúde do sistema reprodutor feminino e/ou masculino.


Para saber mais, acompanhe as próximas informações:


Etapa 1: história do casal ou paciente


Na primeira consulta na clínica de fertilidade, o médico especialista em reprodução humana fará várias perguntas. Veja, a seguir, alguns questionamentos comuns:


1- Há quanto tempo vocês estão tentando engravidar por vias naturais?

2- Qual é a frequência semanal de relações sexuais?

3- Já possuem filhos?

4- São fumantes ou fumaram no passado?

5- Já aconteceu algum aborto?

6 - Há ingestão frequente de álcool ou consumo de drogas?

7- Vocês fazem uso de algum medicamento?

8- Já realizaram cirurgias?

9- Há histórico de infertilidade, má formações ou doenças genéticas na família?

10- Já contraíram alguma DST (Doença Sexualmente Transmissível)?

11- Possuem alguma doença crônica?

12- Já realizaram algum tratamento de fertilização?


Etapa 2: solicitação de exames


Após coletar as informações básicas sobre a história do casal, o médico fará uma avaliação dos fatores ginecológicos na mulher e urológicos no homem. Para isso, será necessário solicitar alguns exames, tais como:


● Hemograma completo;

● Exame de fezes e urina;

● Espermograma, a fim de avaliar a quantidade e mobilidade dos espermatozoides;

● Exames genéticos em alguns casos;

● Papanicolau e ultrassonografia transvaginal;

● Avaliação da reserva ovariana (AMH ou contagem dos folículos antrais)

● Dosagem de hormônios da tireoide e prolactina;

● Avaliação das trompas por Histerossalpingografia ou Histerossonossalpingografia (ecografia das trompas);

● Avaliação da cavidade uterina por histerossonografia ou histeroscopia;


Etapa 3: discutir tratamentos e fazer perguntas


Durante a consulta na clínica de fertilidade, o médico apresentará as principais técnicas da medicina reprodutiva. É possível que ele explique detalhadamente sobre os métodos de reprodução assistida e as chances de sucesso, sempre considerando os fatores individuais como a idade da mulher e suas condições de saúde.


Ao longo da conversa, o casal poderá esclarecer suas dúvidas e fazer perguntas sobre os tratamentos disponíveis para a concepção do bebê. Lembre-se de que, como paciente, você tem todo o direito de saber sobre os riscos e resultados de cada técnica, por isso, não hesite em levar questões para o seu médico.


É importante ressaltar, porém, que alguns questionamentos deverão ficar para a segunda consulta. Isso porque o médico só poderá dar um prognóstico após a avaliação de todos os exames solicitados.


Etapa 4: discutir os custos de cada tipo de tratamento


Ao fazer a primeira consulta na clínica de fertilidade, é essencial ter uma estimativa de preços para os diferentes tratamentos de reprodução assistida. Desse modo, será possível se organizar financeiramente e evitar problemas no orçamento familiar.


Veja, a seguir, algumas perguntas que podem ser feitas para avaliar os custos totais do tratamento:




● Quais são os custos de diferentes opções de tratamento, como fertilização in vitro, transferências de embriões e testes genéticos de embriões?

● Quais são os custos dos medicamentos necessários ao tratamento?

● A clínica aceita plano de saúde? Se sim, eles aceitam o meu plano?

● O meu plano cobre a investigação da infertilidade e/ou tratamento para fertilidade?

● A clínica oferece pacotes caso seja necessário mais de uma tentativa de fertilização in vitro?

● A clínica tem algum financiamento de fertilização in vitro disponível?

● Existe algum programa social da clínica que pode reduzir os custos?

● Posso ser doadora e compartilhar os custos do meu tratamento com uma receptora?


Etapa 5: taxas de sucesso da clínica


O objetivo final de um tratamento para infertilidade é conseguir uma gravidez, por isso, é importante discutir as taxas de sucesso da clínica. Assim, você poderá ter expectativas realistas sobre a probabilidade de gestação.


Perguntas a fazer:


● Quais são as taxas de gravidez na clínica para alguém da minha idade e com meu histórico clínico?


Quais são as taxas de concepção para os embriões transferidos a fresco, ou congelados transferidos depois do reaquecimento?


● Quais medidas de segurança a clínica possui para evitar problemas raros, como falhas no criotanque (onde óvulos, espermatozoides e embriões são armazenados);



Agendando sua primeira consulta na clínica de fertilidade


Se você pretende realizar um tratamento de reprodução assistida, saiba que o Instituto Verhum — referência nacional em medicina reprodutiva oferece um atendimento acolhedor e humanizado, prestado por uma equipe multidisciplinar que está sempre atenta a todos os detalhes, transmitindo confiança, segurança e discrição.


O Instituto também dispõe de técnicas avançadas para inseminação artificial e fertilização in vitro, além de equipamentos ultramodernos para realização de exames de diagnóstico.


Para agendar sua primeira consulta, entre em contato através do WhatsApp: (61) 9.9993-6687 ou ligue (61) 3365-4545.